Aos meus amigos brancos

November 24, 2017 3:17 pm

por Manoela Gonçalves

Aos meus amigos brancos

Vocês dificilmente serão capazes de me compreender, como nunca o fizeram

Aos meus amigos brancos

Eu sei que à medida que eu vou aflorando a minha ancestralidade afrikana vocês vão se identificando menos comigo, e eu com vocês.

Aos meus amigos brancos

Vocês nunca entenderam, nem vão entendem o que é ser preta

Vocês nunca quiseram mesmo entender…

Aos meus amigos brancos

Vocês não imaginam como é desafiador desde criança ser a única preta da turma

E vocês não lembram como desde crianças foram racistas

Aos meus amigos brancos

Vocês não conseguem perceber que a minha cultura é diferente da sua

Aos meus amigos brancos

Vocês nunca compreenderão minha relação com a Natureza

Aos meus amigos brancos, até mesmo esses que tentam se desconstruir

Vocês não imaginam como é ser preta e ter que conviver com vocês, brancos

Aos meus amigos brancos

Vocês não percebem como é chato ouvir vocês sempre exaltando a cultura , literatura, líderes, política, religião, ensino/educação branca de vocês

Aos meus amigos brancos, mesmos os desconstruídos

Vocês não conhecem escritores pretos, e se conhecem não leram

Aos meus amigos brancos

Vocês não entendem que eu não me identifico com esse sistema, não porque sou de esquerda, sou “comunista” ou “socialista” e nem porque sou “hippie” e sim porque sou afrikana

Aos meus amigos brancos,

A minha cultura é diferente da sua

Aos meus amigos brancos,

Ser branco e preto não é só característica física, é cultural. E é por isso que não somos iguais, nem tratados como iguais. Porque minha cultura é diferente da sua. E a sua, meus amigos brancos, desrespeita a minha.